Se segurem que este post é longo

Eu já expressei aqui a minha nostalgia bucólica pela minha pré-adolescência junto à internet. O dia inteiro (na realidade noite, porque era net discada) baixando ROMs de SNES/NES/GBC e episódios de SamuraiX encodados em .rm (oh yeah e depois assistir em tela cheia!). A internet colaborativa engatinhava furiosamente naquele tempo e nós mal tinhamos o vislumbre do que seria a revolução dos blogs, do orkut e todas estas coisas que gritam induvidualidade ao mesmo tempo que sufocam os indivíduos num mar de fotos tiradas fazendo biquinho na frente do espelho.

Pois bem, o que fazia eu na frente do CRT 15 polegadas antes da chegada da fatídica web 2.0? Eu tinha um conjunto de sites que os quais visitava incessantemente: Evil Gambit’s Lair, Zelda4Ever (que acredito não existir mais), VideoGameDC, Razoric, uma chulepada de páginas pessoais ao melhor estilo “web” pré-histórica. Isso tudo, é claro, junto com uma boa dose de ICQ (aka messenger da cornetinha cretina) e um pouquinho assim só de irc.

Eis que um dia, por algum motivo eu chego neste vídeo (abra em outra janela e olhe antes de continuar). Ver isso hoje é uma delícia certo? Esses botões com efeitos de sombra, motion twin e personagens desenhados de uma maneira… estranha. Quanto tempo faz que eu não via um vídeo assim? Em época de decadência da plataforma Flash (mentira, esse vai durar mais que IE6) eu fico todo nostálgico de imaginar como eram as coisas antes dela.

Existia em todos os sites de entertenimento uma vontade de servir o usuário com MUITO conteúdo, era uma época em que eu mesmo procurava jogos, vídeos e músicas e os baixava para serem desfrutados offline. O nosso negócio com os sites era um relacionamento rápido e casual, pegávamos o que queríamos e íamos embora. No entanto, como não podia deixar de ser, começou a ser inserida nos internautas a vontade de perderem a maioria do seu tempo junto aos sites. Primeiro eram aquelas páginas lotadas de texto (que por sua vez eram copiados de outros sites) falando sobre finais alternativos (falsos é claro) de jogos, sagas de DragonBall que você nunca tinha ouvido falar (falsas é claro), lendas urbanas, aliens e coisas do tipo.

Com o tempo foram surgindo sites cada vez maiores e agora com um diferencial. Eles estavam produzindo conteúdo original, ou pelo menos traduzindo conteúdo original de sites estrangeiros (o que naqueles tempos era especialmente importante). No entanto faltava alguma coisa… os sites não estavam felizes em apenas produzir textos e linkar imagens e gifs. O que se procurava era uma experiência completa que conseguisse integrar-se de maneira transparente na navegação do conteúdo e, nesse sentido, o Flash chegou primeiro.

Sem mais nem menos a internet se viu invadida por milhares de aplicações Flash, todos os sites o usavam para um menuzinho cafona e/ou banners. Alguns até eram feitos totalmente em flash, algo que não era legal para a banda limitada dos usuários na época (e também não é legal hoje, parem com isso!). Mas na realidade tudo isto era frescura, a revolução chegou mesmo quando os vídeos e jogos começaram a usar e abusar do flash para interagir com o usuário. Eu me lembro do primórdio de sites como Miniclip, VideoGameDC e Razoric lotados de pequenos filmes e jogos.

O que me leva novamente ao assunto mestre desta postagem. Teorizo que o www.newgrounds.com foi onde culminou de maneira mais elegante, e apoiada pela plataforma Flash, essa vontade de criar conteúdo original. A qualidade começou bastante “rústica”, como pode ser visto na animação comentada anteriormente, entretanto a coisa evoluiu de uma maneira inesperadamente linda num dos maiores portais de entertenimento da rede.

O mais importante desta história eu acredito que seja entender que esta evolução não foi só uma nova tecnologia que permitiu vídeos e sons de uma maneira integrada e agradável no seu navegador. Foi a evolução da colaboração e troca de conteúdo original e remixado na internet. Nenhuma dessas coisas legais exisitiria hoje se não houvesse essa demanda e contribuição unidas. No final de contas somos todos mais um carinha sentado em cima de um tanque amarelo.

Conteúdo bônus, alguns vídeos e jogos históricos:

  • All ur base are belong 2 us: Se você não conhece este vídeo nem adianta explicar, mas é iconico pra caralho
  • Mario vs Sonic: O clássico supremo, devo ter visto mais de cem vezes.
  • The Bard Song: Esse é um ótimo exemplo de como as animações e desenhos eram simples (e influenciados por Dragon Ball) e mesmo assim o conteúdo era muito bom
  • The Real Legend 3: Este é o terceiro episódio de uma ótima série. Mais uma paródia de um game, mas uma muito boa.
  • Metal Gear Awesome: OMG METAL GEEAAAAR!
  • There she is!! final step: Nem só de violência e games vive o Newgrounds. Também temos coelhos orientais fofos. Este vídeo já está há um baita tempo bem colocado no ranking global de vídeos e é realmente muito bom.
  • Alien Hominid: Um game muito popular que acabou até sendo lançado para os consoles de verdade!

Você provavelmente curtirá: